0

Como fazer funções em PHP

Como fazer funções em PHP

Como fazer funções em PHP e quais são suas possibilidades

Muitos desenvolvedores iniciantes tem dificuldade em como fazer funções em PHP.

Funções são úteis em qualquer linguagem de programação. Elas são utilizadas para reuso de instruções com o objetivo de aproveitar parte do código em outros módulos ou em outras funcionalidades. Também é possível deixar o código mais eficiente trabalhando com funções.

Neste artigo, vou explicar como fazer funções em PHP e como você pode melhorar a qualidade do seu código na linguagem. Basicamente, toda função deve ter um nome e deve (ou não) passar dados para que possa ser trabalhada.

É interessante ter em mente que, ao criar uma função, que esta função poderá ser usada em outras áreas do sistema. Por isso, é uma boa prática também documentar seu código para que outros desenvolvedores possam saber do que se trata a função e como trabalhar a partir dela.

Entendendo das funções sem retorno

Funções sem retorno , como o próprio nome já diz, funções que não tem retorno para quem a invocou. Elas podem ser usadas para realizar tarefas simples, como gravar uma informação, exibir uma mensagem para o usuário entre outras funcionalidades. Veja o exemplo de uso de função sem retorno abaixo:

 

<?php

  function ola () {

    echo ("Seja bem vindo ao curso PHP do Zero ao Profissional");

  }

?>

A função simplesmente exibe a mensagem “Seja bem vindo ao curso PHP do Zero ao Profissional”.

Funções com Retorno

Função com retorno, ao contrário das funções sem retorno, devolvem um resultado para quem a invocou. A única diferença é que ela possui a palavra chave return, que indica o que será retornado. Veja o exemplo abaixo:

 

 

<?php

  function funcaoSubstrair () {

    return 60-35;

  }

// Exibo o resultado obtendo o valor através da função

  echo ("O resultado da subtração é " . funcaoSubstrair() );

?>

 

Trabalhando com funções com Parâmetros

Até agora, vimos funções sem parâmetros, ou seja, sem nenhum argumento para se trabalhar internamente. No entanto, é possível também receber parâmetros para que sejam trabalhadas a partir delas.

Não há limites para funções com parâmetros. No entanto, é uma boa prática ter o mínimo de argumentos possíveis.  Como escrevi acima, é crucial pensar que outro desenvolvedor irá utilizar sua função. Então, deixe o mais simples possível.

Veja o exemplo abaixo

 

 

  function subtrair ($x, $y){

    return $x-$y;

  }

  echo ("<b>Resultado da substração:</b>" .

        "<br>$nr1 - $nr2 = " . subtrair (60, 35));

?>

 

 

Conclusão

Neste artigo falamos sobre  como fazer funções em PHP e como isso pode ser benéfico para a qualidade do seu software. Explicamos quais são os tipos de funções que podem ser criadas na linguagem, e também como criar funções parametrizadas.

Dica Extra:

Quer aprender PHP do básico ao avançado? Veja como este curso online de PHP com mais de 200 aulas de programação podem alavancar sua carreira. Clique abaixo

 

Sim, eu quero ser um Profissional PHP

Vote

Equipe Curso PHP do Zero ao Profissional

Nós somos uma equipe focada em desenvolvimento de software em PHP.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *